22/01/2013

Irmã Benigna: Encerramento da fase diocesana do processo de beatificação


Uma Missa marcará o encerramento da fase diocesana do processo de beatificação de Irmã Benigna Victima de Jesus. O momento especial será celebrado no dia 26 de janeiro, sábado, na Paróquia Santa Teresa e Santa Teresinha.

O postulador da causa, o italiano Paolo Vilotta, responsável por levar a documentação e dar andamento na Congregação para as Causas dos Santos, em Roma, estará presente na celebração.

A Arquidiocese de Belo Horizonte finalizou a fase diocesana de coleta de dados do processo de beatificação da Serva de Deus Irmã Benigna Victima de Jesus, que teve início no dia 15 de janeiro de 2011.  O processo segue agora para andamento no Vaticano.

Encerramento da fase diocesana


De acordo com o advogado italiano Paolo Vilotta, postulador da causa de Irmã Benigna, a cerimônia de encerramento da fase diocesana do processo de beatificação conclui a fase local e inicia a fase romana do processo de beatificação.

A solenidade consiste no lacramento – mediante juramento e assinatura de atas – de três urnas com os autos do Inquérito Eclesiástico, uma com o original (arquétipo) e as outras duas com cópias (transunto e cópia pública). Após a cerimônia, o arquétipo fica guardado na Arquidiocese de Belo Horizonte e as duas cópias seguem para a Congregação das Causas dos Santos, no Vaticano.
 
A fase diocesana consiste na abertura do processo sobre as virtudes. São colhidos todos os depoimentos e documentos sobre a Serva de Deus. Já na fase romana, todos os documentos são submetidos a estudo para avaliar se todas as medidas legais foram tomadas corretamente.É nomeado um relator que, junto com o postulador, elabora o positio (espécie de dossiê de todas as provas, testemunhais e documentais, recolhidas na fase diocesana).

A conclusão do positio ocorre depois da avaliação de um Congresso de Teólogos formado por nove pessoas, que podem dar um parecer afirmativo, suspensivo ou negativo. Após a análise dos teólogos, a votação será feita pelos cardeais e bispos, e, posteriormente, pelo Papa - o único que pode emitir juízo e dar a decisão final.

Vida Simples

Maria da Conceição Santos, a Irmã Benigna, nasceu em 16/8/1907, em Diamantina, no Vale do Jequitinhonha. De família simples, em 1935 ingressou na Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade e iniciou seu apostolado prestando serviços religiosos nos locais designados pela congregação. Em 1948, foi para o Asilo São Luiz, na Serra da Piedade, em Caeté. Ali teria sido posta em um chiqueiro, adquirindo várias doenças. Em 1950, Irmã Benigna foi designada a prestar serviços em um asilo-hospital em Lambari, no Sul de Minas, e trabalhou como parteira e enfermeira. Morreu em 16/10/1981, em Belo Horizonte, com problemas cardíacos.

Celebração de Encerramento do Processo
Data: 26 de janeiro
Horário: 9h30
Local: Paróquia Santa Teresa e Santa Teresinha
Praça Duque de Caxias, 200, bairro Santa Teresa - Belo Horizonte/MG

 


Compartilhe:


Buscar por dia:


--------------------------------------------------
--------------------------------------------------
--------------------------------------------------
--------------------------------------------------
--------------------------------------------------
--------------------------------------------------
--------------------------------------------------
--------------------------------------------------
--------------------------------------------------
--------------------------------------------------
--------------------------------------------------
Ver Todas [+]

Arquidiocese de Belo Horizonte | Cúria Metropolitana

Av. Brasil, 2079 | Bairro Funcionários | CEP 30140-002 | Belo Horizonte - MG
Geral: 31 3269-3100 | Mitra: 31 3269-3131 | Chancelaria: 31 3269-3103

Ir para o YouTube Ir para o Flickr Ir para o Twitter Ir para o Facebook