Notícias

18/03/2017

Obra Social São José acolhe crianças de mais de 50 bairros na região da Pampulha




A obra são José operário acolhe crianças com idades entre 10 e 14 anos, dos bairros empobrecidos da região da Pampulha. Desenvolve importante trabalho educacional com alunos do sexto ao nono ano do ensino fundamental. A educação é o meio que as irmãs da Congregação das Filhas de Jesus utilizam para anunciar a Palavra e promover a formação humano-cristã, proporcionando espaço para o crescimento das crianças, condições para o resgate da cidadania e da autoestima. Assim, oferecem as condições necessárias para que elas tenham melhores oportunidades e consigam dar um salto qualitativo em suas vidas.

Paralelamente ao trabalho escolar, há um cuidado especial com a formação integral da pessoa, por meio de  atividades extracurriculares que integram projetos socioeducativos. Incentivar a emancipação da juventude e protagonismo juvenil é característica do projeto educacional, que vem se aperfeiçoando ao longo  de quase 50 anos, desde a fundação da  obra social. O trabalho começou  quando as irmãs da Congregação das Filhas de Jesus passaram a dar às crianças filhas dos caseiros e jardineiros da região a possibilidade de continuarem os estudos, pois só havia escola primária no entorno da Pampulha, ou seja, o ensino fundamental da primeira  à quarta série.

As religiosas tinham a chácara, onde a obra social funciona até hoje, e a experiência com a educação de adolescentes, pois há mais tempo haviam fundado o Colégio Imaculada Conceição na capital. A chácara era muito usada para momentos de convivência dos alunos do colégio e parte do trabalho educativo das filhas de Jesus. Assim, foi necessário apenas adaptar o ensino à realidade local. Por isso, o ginásio era voltado para o trabalho, oferecendo ensino profissionalizante.
 

Atualmente, estudam na Obra Social São José Operário crianças e adolescentes de  50 bairros da região da Pampulha. São 289 alunos, e a grande maioria deles permanece à tarde, em tempo integral –  aos alunos do sexto e sétimo anos  são oferecidas atividades socioeducativas e aos do oitavo e nono anos,  projetos elaborados especialmente para eles. A educação integral permeia todas as disciplinas do ensino formal e as oficinas, envolvendo meio ambiente, corporeidade, cidadania, alimentação saudável  e um projeto que proporciona o contato com diversas expressões da arte –  musicalização, oficina de teatro, oficina de artes plásticas , de tecelagem em teares  e bordado, além do corte e costura- tudo visando dar condições para a iniciação no mercado de trabalho e a busca de mais conhecimentos.

A Obra tem ainda parceria com CEFET , no projeto artes e ofícios,  que, além de preparar as crianças para participar de exames de seleção para o ensino médio, ajuda na formação dos hábitos de estudo. É também oportunidade para  conhecerem jovens que tiveram histórias semelhante à deles e que hoje estão na faculdade. Nesse caso, a ideia é abrir as perspectivase possibilidades , mostrando que eles podem mudar a própria vida para melhor.
 

 

 

 

 

 

 

 

 
Compartilhe:

Arquidiocese de Belo Horizonte | Cúria Metropolitana

Av. Brasil, 2079 | Bairro Funcionários | CEP 30140-007 | Belo Horizonte - MG
Geral: 31 3269-3100 | Mitra: 31 3269-3131 | Chancelaria: 31 3269-3103