Notícias

13/02/2017

ADCE Minas e Instituto Ester Assumpção assinam convênio para inclusão de pessoas com deficiência


A Associação de Dirigentes Cristãos de Empresa (ADCE Minas Gerais) e o Instituto Ester Assumpção, assinam convênio de cooperação mútua. O objetivo é desenvolver atividades para a inclusão produtiva de pessoas com deficiência nas empresas que buscam cumprir a legislação de cotas vigente, bem como, promover, em conjunto, ações de responsabilidade social empresarial.
 
O Instituto Ester Assumpção é uma organização de sociedade civil sem fins lucrativos, fundada em 1987, com atuação e foco na inclusão da pessoa com deficiência. Visando fortalecer o compromisso social das organizações, a entidade promove ações que proporcionam a construção de um ambiente favorável à contratação e retenção de trabalhadores com deficiência e reabilitados pelo INSS, bem como ações para que as pessoas com deficiência possam alcançar a autossuficiência e a participação plena como cidadãos, compreendida como o acesso a todos os bens e serviços da sociedade.
 
Para o presidente da ADCE Minas Gerais, Sérgio Frade, as empresas que adotam a Responsabilidade Social Empresarial como inspiração assumem uma posição fundamental de apoiar e contribuir para a construção de uma sociedade mais humana, justa e socialmente responsável.
 
“Buscamos com o convênio, incentivar as empresas e empresários associados, a avaliarem a possibilidade de contratar trabalhadores com deficiência, independentemente da obrigatoriedade legal, como um exemplo de responsabilidade social empresarial”, afirma. “O convênio com o Instituto Ester Assunção facilitará o acesso e meios necessários para as contratações”, complementa.
 
O Instituto irá disponibilizar, às empresas associadas à ADCE, o portfólio de serviços e ações desenvolvidas pela entidade para a inclusão dessas pessoas no mercado de trabalho; o desenvolvimento e aplicação do IMGI – Índice de Maturidade em Gestão Inclusiva, que é uma ferramenta de gestão própria do Instituto que proporciona a realização de um diagnóstico inclusivo sobre a situação da empresa; equipe técnica para realização de palestras, reuniões ou encontros nas empresas mediante condições de negociação diferenciadas.
 
Para o Superintendente do Instituto Ester Assumpção, Oswaldo Ferreira Barbosa Junior, o convênio com a ADCE Minas Gerais, possibilitará a aproximação e a sensibilização dos dirigentes de empresas com a causa da inclusão social.

“Pretendemos reunir com os dirigentes para tirar dúvidas e mostrar os exemplos bem sucedidos. Com o apoio deles, a chance de êxito das ações inclusivas nas empresas terão maior probabilidade de sucesso, já que é comum nas empresas, que projetos inclusivos como esse, tenham o envolvimento apenas do setor de Recursos Humanos”, explica Oswaldo.
 
A Lei nº 8.213, de julho de 1991, também conhecida como Lei de Cotas, exige que toda empresa de grande porte – com cem ou mais empregados - preencha de 2% a 5% dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas com deficiência.
 

 
Compartilhe:

Arquidiocese de Belo Horizonte | Cúria Metropolitana

Av. Brasil, 2079 | Bairro Funcionários | CEP 30140-007 | Belo Horizonte - MG
Geral: 31 3269-3100 | Mitra: 31 3269-3131 | Chancelaria: 31 3269-3103